2010-11-16

Lisboa com crises de crescimento


Planos directores que perdem a eficácia mais depressa do que a realização, excepções toleradas ou consentidas, alterações circunstanciais, tudo concorre para uma cidade desalinhada, desordenada, complicada e, às vezes… engraçada.
Post para o XXXIV challenge USkP.

3 comentários:

Unknown disse...

Parabéns, Pedro!

Galeota disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Galeota disse...

A reabilitação urbana é urgente em determinadas áreas da cidade.
Quanto à expansão urbana , além de
definir as zonas que estão preparadas para receber construção em menor ou maior densidade, o Plano define as áreas da cidade que devem ser loteadas e construídas em primeiro lugar e as que devem ficar de reserva.