2014-10-01

(A)riscar o Património

Encontro 62 USkP
Elevador da Glória em peças soltas

2014-09-30

Procissão da Luz

Na nossa aldeia que Deus a proteja!
Vai passando a procissão
A procissão da Srª da Luz tem tradições em Carnide desde 1463.
Vai-se repetindo com muita assistência, Bispo, Padres, capacetes e fardas.
Coincide com o encerramento da Feira da Luz e, este ano, com o fecho da exposição dos Bonecos de Bolso em Carnide.
Um regresso aos versos do António Lopes Ribeiro:
Na nossa aldeia que Deus a proteja!

Já passou a procissão.




(A)riscar o Património.

Encontro 62 USkP.

Largo de S Roque (Trindade Coelho?), em peças soltas.

2014-09-29

Bonecos de Bolso em Carnide

Fechou hoje a exposição dos Bonecos de Bolso em Carnide. Obrigado por todas as simpáticas visitas.
Foi também o dia da Procissão da Luz e o encerramento da Feira de Carnide.
À tarde, enquanto se apeavam os quadros, cantavam o Coro da Academia Sénior e tocava a Orquestra de Caneças.


2014-09-28

(A)riscar o Património.

Encontro 62 USkP.
Largo do Carmo, em peças soltas.

2014-09-27

FCG

Encontro 61 USkP - Encontro do Solstício, na FCG.

2014-09-25

FCG

No Encontro 61 USkP - Encontro do Solstício, na FCG - desenhando patos.

2014-09-24

Encontro do Solstício FCG


Bonecos de Bolso em Carnide

Os meus desenhos de Carnide começaram pelas azinhagas.
São estruturas urbanas interessantíssimas, condenadas ao desaparecimento por absoluta desadequação às solicitações urbanísticas atuais. Não deixam no entanto de ser bonitas e interessantes sempre cheias de interrogações e surpresas de percurso. Caminhar nas azinhagas é um romance. O Hitchcock poderia fazer um catálogo de linguagem cinematográfica só com exemplos de troços de azinhagas.
Quando leio as passagens do Carlos ou do Ega na tipóia “… bate para os Olivais…” ou quando o Camilo fala de embuçados de capa negra e escopeta de carregar pela boca são estas imagens que vejo.