2017-07-19

2017-07-18

Mais pessoas

#oneweek100people2017
Em aquecimento para o 8º Symposium USk, Chicago.

2017-07-17

One week 100 people 2017

O desafio já é antigo mas resolvi requentá-lo em aquecimento para o 8º Symposium Urban Sketchers, Chicago.

2017-07-16

#oneweek100people2017

Aproxima-se o Symposium USk 2017 Chicago.
Ainda não cehagaram os workshops, lectures, atc mas já aí estão os desafios. E o primeiro é o #oneweek100people2017.
Alguém alinha?

Praia da Peralta

Na Praia de Peralta, olhando para sul.

2017-07-13

O salvavidas de Esposende

Com aquela barra o salvavidas de Esposende tem de ter pouco calado, muita coragem e toda a prontidão.
Este ainda é um desenho do excelente encontro NÓS E OS CADERNOS 2016 organizado pelo TIAGO CRUZ.
Este ano há mais, já no próximo fim de semana. Quem puder lá ir não se arrepende com certeza.

2017-07-12

Câmara de Lobos

Há anos que não ia a Câmara de Lobos mas há coisas que não mudam.
O mar mesmo ali, molhando a praia de calhau rolado.
As inúmeras lagartixas tão fugidias como curiosas.
O casario sorrateiramente avançando para o mar escondendo-se atrás daquele espigão de rocha castanha quase negra.
(As lagartixas e o calhau rolado fugiram do desenho)

2017-07-11

HOSPITAL DE LISBOA ORIENTAL

Apresentação do Projeto de Desenvolvimento da Infraestrutura Hospitalar do Hospital de Lisboa Oriental
2017-07-12, Auditório Infarmed

2017-07-10

As árvores da Madeira

As árvores (e a vegetação de uma forma geral) são um dos atractivos da Madeira. Desenhar aquelas árvores seria um programa de vida. Há para todos os gostos, das mais espampanantes às mais clássicas.
O problema é que, para mim, são exóticas e nem sempre consigo distinguir o que é característico do exemplar e da espécie.

2017-07-09

2017-07-06

Cinco minutos no Cabo Girão...

... não dão para absorver a grandiosidade da vista.

2017-07-05

À espera do horário.

Não sei se há correspondência no cumprimento dos mesmos mas os autocarros, na Madeira, chamam-se HORÁRIOS (Há mesmo uma CENTRAL DE HORÁRIOS).
Este desenho foi feito na paragem dos ditos, à saída de Câmara de Lobos. Como foi pontual não houve tempo para mais desenvolvimentos.

2017-07-04

Castro Verde em peças soltas

Ainda me sobram alguns desenhos do fantástico Encontro de Castro Verde.

2017-07-03

Bailinho da Madeira


A Madeira está de tal forma centrada à volta do turismo que há lugares turísticos e lugares mais turísticos. Alguns são comuns. Mas lá vamos assistindo, comendo uns excelentes petiscos com ainda melhor companhia e batendo palmas no fim. No fim de contas vale a pena a visita.

2017-07-02

Mercado dos Lavradores, no Funchal

É lindo, mas é tão tão para Inglês ver que até o nome é diretamente traduzido, acrescentado-se "dos lavradores" tal como em Farmer's Market.
(Ah! e os preços são verdadeiramente para turista. Uma esquina mais adiante o kg passa de 19,90€ para 2,30€ e a fruta é rigorosamente a mesma.
À porta vendem-se flores com fatiotas a preceito.

2017-06-30

2017-06-29

2017-06-28

À espera...

... que felizmente foi curta.

2017-06-27

Marina do Funchal

Com vista para as Desertas.
Mantendo-se inalterada a vista para as ilhas, o primeiro plano evoluiu extraordinariamente nos últimos anos.
Contas feitas - é uma maneira de dizer, não me refiro às contas propriamente ditas - a evolução foi muito positiva.

Ribeira da Janela

Por breves instantes espreitando à janela da foz da ribeira da dita.

2017-06-25

As ribeiras da Madeira

As ribeiras da Madeira são assim.
Brutais. Talhadas a machado, directamente na rocha. E o machado é a água. E as casas mesmo na borda delas (não há betão que lhes garanta a segurança). Soltam calhaus enormes mas, com a pressa, nunca chegam a calhaus rolados. É um pavor pensar como serão as enxurradas (aluviões como por lá se chamam). Trágicas. Davam matéria para um fado.
São assim as ribeiras da Madeira.


2017-06-23

Câmara de Lobos

Entre turistas, atuns e ponchas.

2017-06-20

Ordenamento florestal

Há anos que não ia à Madeira e não conhecia os teleféricos.
Valem a pena! Dão uns fantásticos percursos, com umas vistas fabulosas e paisagens deslumbrantes.
Ao mesmo tempo uma frustração amarga ao ver que mesmo por baixo de nós, naquele vale subtropical que ardeu bárbara e tragicamente no ano passado, crescem em searas as acácias e eucaliptos selvagens sem qualquer tipo de ordenamento.
Por entre as árvores queimadas, algumas ainda de pé e outras acrescentando uma densa camada morta vêem-se ainda restos de socalcos, levadas e pequenas construções antigas, do tempo em que a pequena agricultura era uma mais valia, mas agora é só o verde a crescer conforme quer. Daqui a dez anos está tudo pronto para nova imprevisibilidade.

2017-06-19

Fogo de artifício

Quando chegamos ao Funchal até festejaram com fogo de artifício.
Ainda não havia notícias de Pedrógão Grande.

2017-06-08

Charging Bull, NYC

O desenho já é antigo.
Se fosse agora, além da multidão de turistas (parece Lisboa), teria de desenhar uma menina.

2017-06-07

Rua Prof Teresa Ambrósio

Numa pequena mas oportuna cerimónia a CM Lisboa deu hoje o nome da Professora Teresa Ambrósio a uma rua da cidade, ali mesmo junto à Universidade.

À espera


2017-06-05

Um fim de semana em grande

É uma ginjeira, no Hospital Júlio de Matos e na sexta-feira estava linda. Cheia de fruta, ainda não completamente madura, vermelhíssima, brilhante, com a pele esticada e sem mácula. Mesmo a pedir "mão de mexer" (© Carlos Tê).
Ainda vi chegarem os melros. Muitos. Negros. Quase mais melros que ginjas. Pareciam políticos à volta dos negócios. Para eles foi um fim de semana em grande.

2017-05-31

Fróia

Praia Fluvial de Fróia, ALDEIAS DE XISTO.
Um desenho já com anos mas acho que ainda não tinha saído do caderno.


2017-05-30

À espera...

... na Escola Padre Alberto Neto.

2017-05-29

Batalha de Ourique

Teoricamente a Batalha de Ourique foi em S Pedro de Cabeças, onde há uma ermida encostada a um talefe... ou será um talefe encostado a uma ermida?
Mas o obelisco comemorativo está em Castro Verde, mesmo em frente à Câmara... ou será que a Câmara lhe fica por trás?
Por outro lado dizem que a Batalha de Ourique não chegou a combater-se, que foi um "arranjo" político igual aos que se cozinham agora... ou será que os arranjos políticos de agora são diferentes?
Mistérios...

2017-05-26

Ulmeiro

Lembro-me dos ulmeiros no Jardim da Estrela, na Av Liberdade e noutros locais. Umas árvores grandes que no outono atapetavam o chão.
A páginas tantas deu-lhes o trangolamango e desapareceram. Foi assim em toda a Europa, menos numa pequena aldeia... não, não estou a falar do Astérix.
Estou falando de uns lindos ulmeiros que me mostraram no Hospital Júlio de Matos. Nem os reconhecia porque são umas jovens e belíssimas árvores ainda sem a "poda camarária" que formatou os ulmeiros que tinha na memória. Aprendi até que têm uma assimetria na base das folhas, tal como as tílias.
Será que a bactéria ou lá o que deu cabo dos ulmeiros não chega ao HJM? Será mesmo o regresso do Astérix?



2017-05-25

Almada Negreiros

Uma Maneira de Ser Moderno, na FCG

2017-05-24

Claire Fressynet

A exposição da Claire Fressynet, na Biblioteca da JF Estrela, tem desenhos tão bonitos como o nome: SEGUINDO O FIO DA RESPIRAÇÃO.

Ervas espontâneas na cidade

Tão anónimas (para mim) como vulgares, mais umas ervas espontâneas para o desafio QUERCUS-USkP.
Desenhei-as no Hospital Júlio de Matos, Alvalade, Lisboa.
Mas sinto-me invadindo territórios e ultrapassando competências. Isto é tarefa para desenhadores científicos ou para botânicos. Não para simples urban sketchers.

2017-05-22

Ervas espontâneas na cidade

Seguindo o desafio da QUERCUS.
Não sei como se chamam estas espigas, mas aparecem por todo o campo e cidade, pelo menos aqui pelas latitudes de Lisboa.
Também não sei quando é o DIA DA ESPIGA mas palpita-me que estará para breve o encontro fatal entre o calendário e as espigas, papoilas, camomilas, oliveiras, etc.
(Local: Hospital Júlio de Matos, Freguesia de Alvalade, Concelho de Lisboa)

2017-05-21

Noite dos Museus

Um verdadeiro sucesso a primeira experiência do MARG - Museu da Aguarela Roque Gameiro na Noite dos Museus.
Havia sempre mais gente a querer ver a exposição.

Noite dos Museus, no MARG

Os desenhos que fui publicando no blog USkP Urban Sketchers Portugal, durante a primeira experiência do MARG Museu da Aguarela Roque Gameiro na NOITE DOS MUSEUS.




2017-05-20

Museu da Aguarela Roque Gameiro

O MARG adere hoje, pela primeira vez, à noite dos Museus e foi Alfredo Roque Gameiro, ele mesmo em pessoa, com fato de surrubeco escuro e laço verde que se encarregou da divulgação, nos avisos finais do final da missa vespertina, em Minde.
O anúncio está feito e ainda vão a tempo.
A partir das 21:00h haverá grandes animações.
 

2017-05-19

MuHai Tang e Li Biao

Fomos à FCG ouvir a Heroica e ainda tivemos de bónus uma peça Sino Stravinskiana com uns famosos e espectaculares intérpretes chineses.

Faculdade de Ciências

Biblioteca (de Física?)

2017-05-17

Vistas

Em Castro Verde.
O Adro da Igreja, com vista para o Cemitério, com vista para as vistas.

2017-05-16

Castro Verde

"Cidade" com vista para o campo

2017-05-15

À espera

Fresquinhos. Colheita deste mês.