2018-04-19

10X10 Lisboa

A formação 10X10 Lisbon avança a passos largos.
No dia 2018-05-09, a convite do José Louro (obrigado Zé), vou estar nas Escadinhas de S Miguel, em Alfama, para um workshop com o tema FRAME VERTICALLY. O programa está aqui: https://drive.google.com/file/d/1DgL_D4PAgThm4Z4vC0j7_ePUaFvCA251/view
As composições ao alto não são exactamente a minha especialidade mas já fiz um caderno de propósito para isso e agora ando a treinar...
#urbansketchers #uskp

2018-04-18

Conheço-a de ginjeira...

No Hospital Júlio de Matos há uma ginjeira que está agora em flor. Linda !!!
Vou tentando mas é impossível trazer para o caderno a beleza e a leveza  daquelas flores.


2018-04-16

Concerto Nº5 Beethoven

Na FCG, com Yefim Bronfman e Lorenzo Viotti
(A.&M. será o D.?)

2018-04-13

Sketch Tour Portugal Trails

No meio de uma grande chuvada tivemos que interromper os desenhos da Via Algarviana mas houve quem nos abrisse as portas da Igreja Matriz de S Bartolomeu de Messines.
A Linda Toolsema desenhando de um lado https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1790723114319668&set=pcb.1790717097653603&type=3&theater  e eu do outro
Ao fim da tarde a luz amarelada acentuava os dourados da talha e os encarnados da pedra local. Acabou por ser um fim de tarde altamente contemplativo.
#SketchTourPortugal 
#VisitPortugal
#PortugalTrails
#CantSkipPortugal
#USk
#UrbanSketchers



2018-04-12

Serpa

Ouvindo explicações históricas (interessantíssimas) sobre o Convento de Sto António (ou será de S Francisco?) em Serpa.
É assim o Festival Terras sem Sombra.
#serpa

2018-04-11

Cante Alentejano

No Festival Terras sem Sombra, o Cante Alentejano, em Serpa.
Este fim de semana será em Mértola.

Ensaio Geral

Na Fundação Calouste Gulbenkian

2018-04-09

Cadernos de Viagem de Abrantes

Chovia, na manhã do Encontro de Abrantes, pelo que recolhemos aos interiores.
Por proposta do Francisco Lopes, que nos recebe sempre tão bem, fomos para o Hotel de Turismo que tem uma excelente vista sobre a zona histórica da cidade.
#abrantes

2018-04-07

Cadernos de Viagem de Abrantes

Hoje, no Masterclass com o José Maria Sánchez
#abrantes #uskp #urbansketchers

2018-04-06

Encontro de Abrantes

Abrantes é absolutamente central em relação ao País, aqui se cruzando vias rodoviárias e ferroviárias.
Esta é a ponte do comboio de mercadorias, que atravessa o Tejo em 50 segundos.
Vamos vê-la (e talvez desenhá-la) amanhã no Encontro de Abrantes. Detalhes aqui: http://www.bmab.cm-abrantes.pt/index.php/pt/agenda/162-cadernos-de-viagem-de-abrantes
#abrantes
#uskp
#urbansketchers

2018-04-05

Encontro de Abrantes

Abrantes, cidade meio escondida e meio desconhecida.
Vale a pena descobri-la e conhecê-la já no próximo sábado.
Todo o programa aqui: http://www.bmab.cm-abrantes.pt/index.php/pt/agenda/162-cadernos-de-viagem-de-abrantes
#usk #urbansketchers #abrantes

2018-04-04

De comboio até Abrantes

Ou de carro, ou de bicicleta ou mesmo a pé.
Vale a pena ir ao Encontro de Abrantes, no próximo sábado. Um extenso programa que inclui a apresentação do livro CADERNO DE ABRANTES com texto da Raquel Ochoa e desenhos meus.
Mais pormenores aqui: http://www.bmab.cm-abrantes.pt/index.php/pt/agenda/162-cadernos-de-viagem-de-abrantes

2018-04-03

Sketch Tour Portugal Trails

Com a Linda Toolsema ( https://www.facebook.com/search/top/?q=linda%20toolsema ) desenhando no barrocal algarvio para o Sketch Tour Portugal Trails  (  https://www.visitportugal.com/pt-pt/content/sketch-tour-portugal  )
Os engenhos hidráulicos (ou as ruínas dos engenhos) aparecem a cada curva da estrada. Da simples bomba à mais elaborada nora.
#SketchTourPortugal 
#VisitPortugal
#PortugalTrails
#CantSkipPortugal
#USk
#UrbanSketchers


2018-04-02

O Caderno de Abrantes

De ano para ano vai crescendo o encontro CADERNOS DE VIAGEM EM ABRANTES.
O livro que a Raquel Ochoa  https://www.facebook.com/RaquelOchoa.Microscope.Telescope  escreveu e que eu desenhei, no ano passado, será apresentado no sábado 2018-04-07 às 16:00h, conforme programa que está aqui: http://www.bmab.cm-abrantes.pt/index.php/pt/agenda/162-cadernos-de-viagem-de-abrantes
Entretanto decorrem outras residências artísticas de onde sairão novos Cadernos de Abrantes.

2018-04-01

Sketch Tour Portugal Trails

Ao fim da tarde do dia 2, com a Linda Toolsema https://www.facebook.com/search/top/?q=linda%20toolsema desenhando em Odeceixe.
#SketchTourPortugal 
#VisitPortugal
#PortugalTrails
#CantSkipPortugal
#USk
#UrbanSketchers

2018-03-28

Palácio Baldaya

O Tomás Reis  https://www.facebook.com/t.delgado.reis tem organizado uns encontros para desenhar, no Palácio Baldaya. Hoje também lá fui. Obrigado Tomás.

2018-03-27

Sketch Tour Portugal Trails

Odeceixe climbing up the hill and crowned by the windmill.
Mais desenhos de Odeceixe, aqui: http://bonecosdebolso1.blogspot.pt/search/label/Odeceixe

#SketchTourPortugal 
#VisitPortugal
#PortugalTrails
#CantSkipPortugal
#USk
#UrbanSketchers

Festival Latitudes

Rua Direita, em Óbidos.

2018-03-24

Festival Latitudes

Por entre chuva e vento fui hoje desenhar Óbidos, para o Festival Latitudes.

2018-03-23

Sketch Tour Portugal Trails

Em Cachopo desenhando com a Linda Toolsema   https://www.facebook.com/linda.toolsema .
Ver o resultado aqui: https://instagram.com/p/BghWJdMlqPz/

2018-03-22

Sketch Tour Portugal Trails

O km 0,0 da Via Algarviana é precisamente neste sítio. No cais do Guadiana, em Alcoutim.
Inevitavelmente por aqui passou o PSTT onde estive desenhando na companhia da Linda Toolsema  ( https://www.facebook.com/search/top/?q=linda%20toolsema ), do Rui e do Pedro.
#SketchTourPortugal 
#VisitPortugal
#PortugalTrails
#CantSkipPortugal
#USk
#UrbanSketchers

Sketch Tour Portugal Trails

... e não é que já chegou ao fim...
Seis óptimos dias, na excelente companhia da Linda Toolsema ( https://www.instagram.com/lindatoolsema/ ) e do Pedro, desenhando pelos locais mais aprazíveis dos trilhos alentejanos e algarvios.
Durante o percurso consegui publicar estes desenhos no FB:
#SketchTourPortugal 
#VisitPortugal
#PortugalTrails
#CantSkipPortugal
#USk
#UrbanSketchers





2018-03-15

10x10 USkP Lisboa

Sketching Sketchers durante o Workshop 10X10, com a Linda Toolsema, no Terraço da Estação do Rossio.

2018-03-13

Searching Shapes

É já amanhã o workshop com a Linda Toolsema, integrado no programa 10X10.
Das18:30h às 21:00h no terraço da Estação do Rossio.
Eu acho que vai valer a pena e vou lá estar!
Mais informações aqui: http://www.urbansketchers.org/2018/02/searching-shapes-building-up-sketch.html

2018-03-12

10X10

Recomeçaram os workshops 10X10 (mais informação aqui: https://drive.google.com/file/d/1DgL_D4PAgThm4Z4vC0j7_ePUaFvCA251/view ) . E recomeçaram com um grande encontro, orientado pelo Mário Linhares, no aeroporto de Lisboa.
Um dos exercícios falava em juntar três escalas no mesmo desenho: A escala "arquitectónica" a escala do corpo e a escala da mão.
Usei um caderno especial que fiz para treinar a oficina que vou orientar em 2018-05-09, com o tema "Frame Vertically"

2018-03-11

Sketch Tour Portugal

É já na quinta-feira que começa o próximo STP.
A Linda Toolsema (instagramfacebooke eu vamos desenhar vários dos muitos trilhos pedestres disponíveis em Portugal. Vai ser uma semana em grande! (Será que temos que desenhar debaixo do chapéu de chuva?).
Mais informação sobre o STP aqui:  Instagram posts   Visit Portugal website  Youtube videos
Pelo farol do Cabo Sardão passa a Rota Vicentina, um dos trilhos que vamos desenhar.
#SketchTourPortugal 
#VisitPortugal
#PortugalTrails
#CantSkipPortugal
#USk
#UrbanSketchers
#rotavicentina

2018-03-09

A Espessura do Tempo

Vale mesmo a pena visitar o Museu dos Têxteis em Cebolais. Máquinas lindas como este tear, que ainda funcionam.
Estes e outros desenhos vão amanhã para a exposição no Museu Francisco Tavares Proença Júnior, em Castelo Branco. Mais pormenores aqui e aqui .

2018-03-08

Festival Terras sem Sombra 2018

Ainda estávamos à porta da Igreja de Sto António, em Serpa, e já encantados com as muitas histórias que havia a contar sobre o local.

Exposição

O convite, da CM Castelo Branco, para a exposição onde vão figurar todos os desenhos feitos por um alargado conjunto de Urban Sketchers, nos três Encontros A ESPESSURA DO TEMPO.
Mais pormenores aqui.
https://www.facebook.com/events/574239679621991/


2018-03-07

Festival Terras sem Sombra 2018

Começaram a chegar cedo porque ninguém queria perder pitada.
O encontro era na galilé da Igreja de S. Francisco... Sto António... S Francisco... esta confusão de nomes foi depois muito bem explicada durante a apresentação feita no local.

2018-03-06

Espessura do Tempo

O recém aberto Museu dos Têxteis,  em Cebolais, vale seguramente uma visita.
Não são só os edifícios, muito bem restaurados e complementados. É também toda a maquinaria industrial têxtil, recuperada e a funcionar, mais todo o material que lá chega por atracção, talvez magnética, a partir de tanta gente ainda com recordações e ligações à antiga produção e que lá vai recordar e contar dos seus saberes e experiências.
É um Museu que vai com certeza ganhar importância e projecção.
Todos estes (e muitos mais) desenhos e alguns cadernos vão estar na exposição A EXPESSURA DO TEMPO que abrirá no próximo dia 10 de março, no Museu Francisco Tavares Proença Júnior, em Castelo Branco.

2018-03-05

Festival Terras sem Sombra

A datação das árvores vivas é sempre pouco exacta mas é seguro que algumas destas vetustas oliveiras já cá estavam quando Jesus Cristo nasceu. Especula-se com alguma segurança que poderão ter até 3.500 anos mas, para ter a certeza, era preciso cortar o tronco (o que até me custa a escrever...).
Prova do bom estado fitossanitário da oliveira são estas "bossas" que vão crescendo helicoidalmente no tronco e que constituem as "reservas" da árvore. Em épocas de seca permitem que as azeitonas vão serenamente crescendo apesar da falta de água.
Tudo isto e muito mais foi explicado, devagarinho e em doses pequenas (à nossa medida de patas tenras da cidade), no pacífico Monte da Zanga, em Serpa, onde o Festival Terras sem Sombra organizou a vertente "biodiversidade" do passado fim de semana.

Mão Inteligente. Raquel Roque Gameiro.



















Exposição "Mão Inteligente: Raquel Gameiro - Ilustração e Aguarela"
com a Profª. Sandra Leandro
no  programa Universidade Aberta da RTP2
 
https://www.rtp.pt/play/p2359/universidade-aberta

3 Minutos, dos 13:20 aos 16:30 minutos

2018-03-04

Festival Terras sem Sombra

Gostava de conseguir contar tudo o que ouvimos hoje no Monte da Zanga, próximo de Serpa.
No meio de oliveiras multimilenárias (sim já lá estavam quando viram passar os romanos!) ouvimos contar apaixonadamente como se recuperam oliveiras tão antigas e como elas retribuem, com uma produção quase imune à terrível seca que prejudica enormemente a colheita de olivais com oitenta anos e destrói a colheita de olivais com vinte anos.
Tudo isto num caminho de sustentabilidade ecológica e respeito (será amor?) por cada uma das árvores. "somos apenas os actuais detentores deste bem que tem milhares de anos"...
O Festival Terras sem Sombra tem destas boas surpresas.

2018-03-02

Castelo Branco

Por outro lado a vista da janela, em Castelo Branco, era soberba embora o desenho tenha ficado muito aquém da realidade.

2018-03-01

Uma viagem para esquecer

Gosto de andar de comboio e, sempre que posso, privilegio o transporte público. Não é por snobismo (faço outros que me interessam mais) nem por militância (só a palavra chega para me irritar). É mesmo por gosto.
Já fiz óptimas viagens para Castelo Branco mas, às vezes, há retrocessos. Não sei se foram as linhas que chegaram ao fim ou se foram apenas as carruagens que parecem recuperadas do tempo das viagens "a salto para Afrança" mas a viagem foi péssima, Os abanões, o barulho, o banco inclinado para a frente que obriga a ter as pernas sempre em tensão para não acabar de cócoras... um pesadelo que dificilmente permite ler, desenhar, ouvir música ou mesmo pensar. E não é uma questão de mercado porque, aos fins de semana o comboio vai sempre cheio.
Chegado ao destino e apesar do frio, vento e cacimba foi um alívio sair daquela composição.

2018-02-28

Espessura do Tempo

Mais dois desenhos da Praça Manuel Cargaleiro em Castelo Branco.
No âmbito do Encontro "Espessura do Tempo" organizado pela CULTURA VIBRA da CM Castelo Branco.

2018-02-27

À espera, em Porto Brandão

Por vezes estes tempos de espera são os melhores para desenhar.
Nem quero saber do resultado. O desenho acaba quando acaba o tempo que, no entanto, não é roubado a nada nem a ninguém.

2018-02-26

Espessura do Tempo

Em pleno centro histórico de Castelo Branco (ali mesmo em cima o Castelo que, em todo o caso, não é branco) no meio daquelas ruas estreitas e inclinadas, surge de repente a Praça Manuel Cargaleiro.
Suponho que o motor deste empreendimento foi a construção de um muito necessário parque de estacionamento mas resultou num lugar arejado e bonito, com um enorme Museu Cargaleiro (que ainda não visitei) ocupando espaços novos e mais dois edifícios reabilitados.
Claro que estas intervenções são sempre polémicas mas há que ver os lados muito positivos.

2018-02-24

Espessura do Tempo

O BUNKER fica em Cebolais, perto de Castelo Branco.
É um bar com grande presença cultural no domínio das artes plásticas e performativas mas, quando lá chegámos ao fim da tarde, estavam a dar futebol.

2018-02-23

Espessura do Tempo

"Cultura Vibra", uma organização da CM Castelo Branco (obrigado Carlos Matos).
Curta paragem em Monforte da Beira, para desenhar a Torre do Relógio e a Torre da Igreja.

2018-02-22

Via Dolorosa em Jerusalém

Lançamento do livro com ilustrações do Mário Linhares

2018-02-20

A Expessura do Tempo

Numa organização da CM Castelo Branco, desenhando nos arredores da Cidade.
O Rio Ponsul (localmente diz-se Pinsul) é um afluente do Tejo e esta ponte já foi charneira fundamental nas comunicações regionais.

2018-02-19

A Expessura do Tempo

Numa organização da CM Castelo Branco, que nos recebe sempre tão bem (obrigado Carlos Matos) o Encontro ESPESSURA DO TEMPO, PATRIMÓNIO E PAISAGEM levou-nos a conhecer os sempre interessantes arredores da Cidade.
Aqui desenhando no Tejo Internacional, num filme do Jorge Portugal
 

2018-02-15

Hotel California

Já trabalho no (antigo) Hospital Júlio de Matos há mais de um ano mas ainda me deixam sair ao fim da tarde.
Nos anos 50 foi um manicómio de excelência. Agora é um Parque de Saúde, seja lá o que isso for, com 23ha, mais de 70 pavilhões e muitas árvores, além de outros incidentes. Muita coisa para desenhar.
Ah! e não consigo desagarrar-me da banda sonora dos Eagles- Welcome to the Hotel California.

2018-02-14

MNAA

No Museu Nacional de Arte Antiga está a exposição AS ILHAS DO OURO BRANCO.
É fantástico perceber a riqueza da economia do açúcar e a opulência a que conduziu. Tudo, claro, à custa de trabalho escravo.
O Pão de Açúcar só conheço de fotografias, que nunca fui ao Rio de Janeiro, mas fiquei conhecendo a origem do nome. Pão de açúcar era o enorme torrão em que o açúcar era fabricado, com moldes de barro, para exportação em todas as direcções. A comparação das formas é demais evidente.
Quando a indústria se mudou para o Brasil, o nome foi com ela.