2007-10-28

Francisco Lobato

O Francisco Lobato, depois de uma difícil e excelente regata onde, sozinho, conseguiu reparar uma quantidade de sérias e graves avarias acabou, na noite de sexta para sábado, a segunda etapa da Transat 6,50 , em 8º lugar.
De notar que, dos quarenta e tal concorrentes em barcos de série, à data ainda só chegaram 14 concorrentes.
Parabéns ao Francisco Lobato e a toda a equipa e obrigado por todo o esforço que nos permitiu seguir passo a passo e com emoção o desenrolar de toda a prova.
O Francisco era o único (e primeiro) português em prova e felizmente no Brasil tinha à espera a família, a equipa que o apoiou (e que com ele fez a regata) e alguns jornalistas mais atentos.

O Clayton Burkhalter foi o único concorrente americano e acabou em 13º lugar dos protótipos.
À chegada tinha não só a família e a equipa, mas também vários jornalistas entre os quais um enviado especial da revista TIME e uma equipa de produção TV que há vários meses o segue e prepara um filme, com difusão num dos maiores networks americanos, sobre “a aventura de um americano no meio dos navegadores solitários gauleses”

“País de marinheiros” ???
Digamos que sempre houve excelentes velejadores portugueses! E o resto...

http://franciscolobato.com/online/index.html
http://www.transat650.org/fr/

2 comentários:

hfm disse...

Dois conceitos de olhar os feitos...

josé louro disse...

Pois. Por alguma coisa Fernão de Magalhães, entre outros, foi patrocinado pelos espanhóis.