2009-03-11

Entrecampos



Este monumento é tão confuso quanto a guerra que evoca.

Parece qua ando a desenhar a estatuária de Lisboa, mas não. Foi só coincidência.

6 comentários:

Dulcineia (Lília) disse...

Bem, tem muitos pormenores...
Passei por aqui, pra saber se havia alguma imagem sugestiva da tertúlia do dia 15... Por enquanto, tudo nos conformes - ´sobriedade, simplicidade e talento!

Nuno Fonseca disse...

Mas é das esculturas mais fabulosas de Lisboa. Como alguém disse, parece uma opera romântica.
Pena o enquadramento edificado...

Galeota disse...

Muitos recortes no bronse...

Galeota disse...

Errata:
"bronze" e não "bronse"

RS disse...

Hummm, passo por ela todos os dias e fico sempre a olhar, em especial para o corpo central, no qual - em uma das faces, aquela que se volta para a Avenida da República - se pode ler "Relíquias de Portugal". Fico sempre a pensar que dentro da estátua se esconde um grande tesouro.

eu mesma! disse...

é curioso que o teu olhar dá-me sempre perspectivas diferentes dos locais onde passo todos os dias sem olhar!