2009-09-21

Via Algarviana, dia 2 (2)



Balurcos-Furnazinhas
O moinho e o depósito de água no horizonte.
Vim depois a saber que havia o moinho branco (para os cereais) e o moinho negro (para as farinhas dos animais), hoje substituído pelo depósito de água.
Logo após esta crista fica Furnazinhas, (uma aldeia) um monte fantástico, onde todos os bocadinhos de conversa foram simpáticos e interessantes.

On the horizon, a windmill and a water tank. Different times and different needs. Once the grinding of cereals now the fight against drought.

3 comentários:

hfm disse...

Cada x que venho aqui aprendo que se pode viajar de tanta maneira! e eu que adoro viajar! Um abraço com maresia e um calor de ananases não muito habitual por estas bandas.

Magic Moments disse...

Estamos ansiosos também por fazer a Via Algarviana, mas vamos sim começar por Sagres, onde "residimos" agora grande parte do ano, apesar de sermos "seres itenerantes" :)

Parabéns pelos desenhos, aguardamos os próximos, e aconselhamos um blog de um amigo http://desenhosdodia.blogspot.com/, recentemente não tão naturalistas dado o regresso ao trabalho.

O nosso é mais dedicado à fotografia e workshops: http://momentosmagic.blogspot.com/.

Até breve, algures na Via Algarviana ou outra parte de Portugal!

Carla e Nuno

josé louro disse...

Aguarelazina hein? Fantasticos Pedro.