2012-12-01

Olival da Pêga

Imagino o Nuno Álvares, quando andava por Monsaraz, dizendo:
“Por obséquio guardem-me para a merenda umas azeitonas daquelas oliveiras velhas, que isto da peleja faz fome.”
Sim estas oliveiras já eram antigas quando por lá andou o Condestável.
Já viram passar muitas vidas e muitas crises e estão agora, por causa de outras vidas e de outras crises, em risco de desaparecer.
Será mesmo necessária esta amputação?
 


 
Nota:
Isto não é um URBAN SKETCH.
Foi feito em casa, com base em desenhos antigos e em fotos de outras oliveiras, mas não posso ir a Monsaraz e não queria ficar de fora da iniciativa.

Sem comentários: