2014-07-02

Transumância

O rebanho tem um comportamento plástico. Funciona como um todo, quase fluido, moldando-se com muita rapidez ao espaço disponível. Alonga-se quando o caminho é estreito, alarga-se quando há mais espaço. E faz isto com grande eficácia e naturalidade, sem gritos nem apitos nem líderes aparentes. Será isto a carneirada?

As subidas são muitas (em perto de 10km o trilho sobe perto de 1000m).
Quando é mais íngreme o ritmo é mais lento, mas ninguém para.

Logo ao princípio da caminhada, quando as subidas começam, uma senhora pergunta:
“Ainda falta muito?”
O pastor, espantado com a pergunta, responde:

“… é… é até lá chegarmos…”


2 comentários:

UÁITE-DOG Papéis Riscados disse...

estou a gostar imenso do relato sobre a transumância, nunca vi nenhuma, mas parece ser maravilhoso de ver e ouvir

Laurus nobilis disse...

Adorava saber desenhar. Gosto muito... do tema e dos desenhos!