2022-09-12

Ribeira de S Teotónio

Já caminhei três vezes a Rota Vicentina. Não só o famoso "Trilho dos Pescadores" mas também o "Caminho Histórico", que não lhe fica atrás.
Uma das descobertas que mais me encantou foram as galerias ripícolas da Ribeira do Torgal e da Ribeira de S Teotónio. Não suspeitava que no sul Alentejo houvesse paisagens deste tipo. Patos, galeirões, melros de água... inacreditável.
Inacreditável foi também lá voltar agora e ver a secura que por lá vai. Esperemos que a chuva que se avizinha dê algum alívio sem ser torrencial.


2 comentários:

Galeota disse...

... lembrei-me do poema " O PATO" de Vinícius de Moraes.

Galeota disse...

Lembrei-me, mais uma vez, do arquitecto Nuno Teotónio Pereira.