2007-06-01

Seilá desenhar


seilá said...
diga-me em segredo: acha que se aprende a desenhar?! :)
31 Maio, 2007 10:44



Pois eu gostava de desenhar como o Rembrandt… mas conheço as minhas limitações e sei que a genialidade não se aprende. Desenhar é diferente. Aprender a desenhar é sobretudo aprender a ver (e a utilizar algumas técnicas que variam com as épocas) e isso está ao alcance de todos.

Independentemente dos resultados, o desenho vale pelo processo e pela nossa satisfação de o percorrer. Depois de fazer um desenho olhamos sempre de outra maneira para o motivo.

As aulas (conversas… críticas…) sobre desenho e sobre “peças” desenhadas ensinam-nos a ver aquilo que ainda não tínhamos visto e que podemos redesenhar. É um processo interactivo e cumulativo que vai abrindo novos e saborosos caminhos. Gostava de estar muito mais adiantado, mas sinto-me em pleno processo de aprendizagem… e gosto.

Eu acho que se aprende a desenhar!

4 comentários:

Gonçalo disse...

Ora aqui está uma boa introdução a uma 1ª aula de desenho. E agora é pegarem em lápis, bic's, pincéis ou carvões e fazerem-se à estrada! Um abraço

hfm disse...

Como em tão poucas palavras se pode dizer tanto! Tb penso assim. Aprender, seja o que for, é evoluir e é esse percurso que pode ser feito de várias maneiras mas a meta é sempre superarmo-nos.

Só um traço pode dizer tanto... é só deixar falar uma criança.

Lori Witzel disse...

Google Translate of course mangled the translation of Portuguese to English, but I think I "got" most of this...

...and loved "to learn to draw is to learn to see" -- which is why I draw, and wander with a camera.

It's the seeing that's the important thing.

antónio disse...

Também não tenho dúvidas que aprende-se a desenhar. Acredito na predisposição genética mas não acredito que exista uma única pessoa no mundo que não possa aprender a desenhar.
Mesmo quem não consegue desenhar a realidade tal como é vista deve compreender que o desenho nunca se esgota aí. Há infinitas formas de desenhar e todas são válidas. É esta a grande vantagem do desenho, na minha opinião. Cada um escolhe o seu próprio percurso, e às tantas é um dos maiores prazeres que podemos ter.