2008-06-21

R da Assumpção


4 comentários:

Galeota disse...

Sophia de Mello Breyner Andresen

Tejo

Aqui e além em Lisboa - Quando vamos/Com pressa ou distraídos pelas ruas/Ao virar da esquina de súbito avistamos/Irisado o Tejo:/Então se tornam/Leve o nosso corpo e a alma alada.

df disse...

gracias ! for your comment on my life drawing. And thank you for the link to your blog. I love these simple drawings. Very quiet and beautiful. Sorry I'm not trying to write this in spanish, I have a horrid work deadline, but wanted to at least visit your blog.

merdinhas disse...

Logo hoje v a tua R. da Assumção ...a relembrar os Armazéns do Grandella...e ontem lá arderam mais dois ou três prédios a lembrar o Chiado...

merdinhas disse...

Não tens o Cais das Colunas como boneco de bolso?