2012-01-13

Gaivota


Larguei a sandwich e agarrei a caneta e o caderno para desenhar a gaivota que, à hora do almoço, veio pousar na minha janela.
Foi breve.
Eu não tive tempo para acabar o desenho mas ela conseguiu encher-me o peitoril de guano.

3 comentários:

hfm disse...

Um registo de maresia!

Rosário disse...

Bom registo! As gaivotas fojem assim que sentem alguém por perto!

Luís Ançã disse...

Parece que o dejecto de gaivota é um bom pigmento...