2012-01-09

Seixal



Há anos que não ia ao Seixal e resolvi apanhar o ferry (olá Grupo do Seixal).
A costa que se vê à distância vai ganhando definição. Há volumes escuros que parecem compactos mas que se desmancham por várias formas, afinal a distâncias consideráveis, com cores e tudo.

1 comentário:

Manuela Rolão disse...

Olá Pedro, vi no USK Portugal e passei por aqui para ver os teus registos do Seixal! Grande passeio, vieste recordar...Gostei muito de ver e espero podermos desenhar por aqui um dia pois há muito para explorar.Acho que o C. Patané gostaria da panorâmica possível!Um abraço.